Cinema francês nas telonas do Brasil!

De hoje até o dia 22 de junho, o cinema francês invade as telonas do Recife com o Festival Varilux. Trata-se de uma programação com o melhor da mais recente produção cinematográfica francesa dividida entre os cinemas da Fundaj, Cinema do Museu, Moviemax Rosa e Silva, Cinemark RioMar, Cine teatro Manoel Campelo, UFPE (auditório do CAC) e Aliança Francesa.

Chocolat, com Omar Sy (Intocáveis)

O festival acontece simultaneamente em 50 cidades do Brasil – tendo começado oficialmente nesta quarta-feira (8). Então dá pra conferir do Macapá (AP) ao Rio Grande (RS), de Cuiabá (MG) a João Pessoa (PB).

Florida, direção de Philippe Le Guay

Dentro da programação, composta por 15 filmes inéditos, os destaques vão para Chocolate com o premiado ator Omar Sy (Intocáveis), Meu Rei com Vincent Cassel e Emmanuelle Bercot (Palma de Ouro de melhor atriz), a comédia Florida com os ícones do cinema francês Sandrine Kiberlain e Jean Rochefort – e ainda o clássico Um homem e uma mulher, de Claude Lelouch. Ça va?

Meu Rei, com Vincent Cassel, Emmanuelle Bercot e Louis Garrel.

A programação completa você confere aqui.

Pin It


Praia e música no Vento Festival!

Duas coisas que adoramos: praia e música! Se você também é desses(as), precisa conhecer o festival Vento, que une um line-up maravilhoso com os novos expoentes da nova geração da música brasileira em shows gratuitos e a paradisíaca Ilhabela. Essa é a segunda edição do festival, que acontecerá nos dias 9, 10, 11 e 12 de junho na praia do Pereque.

O festival idealizado por Anna Penteado teve sua primeira edição em 2015, também em Ilhabela, e levou nomes como Tulipa Ruiz, Céu e O Terno ao litoral. Com a proposta de levar o evento para um lugar mais acessível e agradável, os organizadores escolheram a praia do Perequê que, além do palco Vento e da oca, terá também redes para descanso, foodtrucks locais, banheiros e a estrutura completa de um festival de respeito.

Jaloo | foto: divulgação

Promover cultura e conhecimento. Fazer da arte um mecanismo de análise e uma ferramenta de transformação social para romper com os velhos paradigmas que cerceiam as liberdades dos indivíduos em nossa sociedade. A música, com seu caráter agregador, político e mobilizador de massas, é uma poderosa arma para instigar debates acerca do consumismo, da pluralidade sexual, do uso democrático dos espaços público e da importância do fomento à economia criativa” é o que fala o site do evento. Já são motivos de sobra pra amar essa festa, não é?

Karina Buhr | foto: divulgação

A cereja do bolo fica por conta da programação, que está simplesmente uma delícia. Mahmundi, Free Beats, Bruno Morais, LAY, Salada de Futas, Bonde do Rolê, O grande grupo viajantes, Aláfia, Dom Pescoço, Karina Buhr, Johnny Hooker, Aldo the band, Jaloo, Russo Passapusso, Samuca e a selva, Serge Erege e Filipe Catto são os nomes que vão subir ao palco nos quatro dias de festival. Ah, e tudo de graça, hein?!

Aldo the band | foto: divulgação

Já escolheu seu biquíni ou body da Rush pra curtir essa festa?

Pin It


Sonzinho bom: Mahmundi

Não tem inverno e nem chuva que apague o brilho e o calor ao ouvir o novo disco da Mahmundi, lançado na última sexta-feira (06). O disco homônimo é o primeiro da cantora e compositora, mas desde 2012 que a carioca vem lançando músicas deliciosas e colecionando hits que estão nos EPs “Efeito das Cores” (2012) e “Setembro (2013)”.

“Mahmundi” foi produzido pela própria compositora e quase todo gravado em seu home studio. Ele vem com 10 faixas com aquele gostinho nostálgico dos anos 1980. Algumas são inéditas, como as maravilhosas Azul, Meu Amor e Hit. Cinco delas já são conhecidas do público como Calor do Amor, Leve, Quase Sempre e Eterno Verão (primeira música de trabalho do disco) e ganharam uma roupagem nova que fazem todo mundo ter dúvidas de qual seria a melhor versão com suas guitarras estilo Guilherme Arantes e o mesmo clima empoeirado das músicas de Marina Lima. Ouvir esse disco é como fazer uma viagem gostosa de volta ao tempo, à Copacabana dos anos 1980, mas sem deixar o coração sair dos anos dois mil. É como estar num verão sem fim.

Para ouvir:
DeezerSpotifyYoutube | iTunes

 

Pin It


Temporada de cinema!

Anualmente dois festivais de cinema agitam a cena cultural do Recife – o Janela Internacional de Cinema e o Cine PE. Desta segunda ao dia 8 de maio é o Cine-PE que leva curtas, longas e documentários à tela do clássico Cinema São Luiz e presta homenagens à diretora Carla Camurati e ao ator Jonas Bloch.

Longa-metragem O Menino no Espelho [foto: divulgação]

A abertura será nesta segunda-feira, a partir das 19h30, com a estreia nacional do documentário Paulo Bruscky (de Walter Carvalho), Não Tem Só Mandacaru (de Tauna Uchôa) e o longa Por Trás do Céu (de Caio Sóh).

Paulo Bruscky [foto: divulgação]

Nos 6 dias da programação, a gente recomenda (muito!) os curtas O Menino no Espelho (Guilherme Fiuza), Redemunho (de Marcélia Cartaxo – PB), o documentário Danado de Bom (de Deby Brennand – PE) que conta a história do Mestre João Silva, parceiro de composições de Luiz Gonzaga, e o longa Vampiro 40 Graus (de Marcelo Santiago – RJ). A programação completa você confere clicando aqui.

Vampiro 40 graus [foto: divulgação]

Pin It


#ootd Patins Vintage – encontre o seu par

Nosso catálogo #Verão2015 está super fun, inspirado nos anos 90. Lá pelo nosso Insta (@rushpraia), postamos alguns previews da nossa nova coleção e do shooting que fizemos super alto-astral e todo mundo perguntou onde encontrar os patins de quatro-rodas super in na década de 90. O que usamos no catálogo é do nosso acervo pessoal, diretamente dos 90´s, mas a gente separou alguns lugares no Brasil, e fora também, que vendem esses patins vintage, um mais lindo do que o outro. Tudo pra você ficar cada vez mais no clima da nossa nova coleção e entrar de cabeça no mundo dos noventa.

1)      O mais conhecido e mais fofo do momento: o patins da Farm. Eles vêm todos estampados com desenhos da marca e você pode comprar online ou nas lojas físicas. Atualmente, os patins ainda não estão disponíveis na loja virtual, mas eles prometeram que chegam em breve, pra alegria de todo mundo! \o/

2)      Todas as estampas mantendo o modelo original: a MoxiShop disponibiliza no seu site (USA) diversas estampas para o patins mais tradicional de todos, o Roller Blades com as quatro rodas separadas. Você ainda pode comprar rodas diferentes separadas e deixar o seu patins do seu jeito. A notícia boa :) , é que eles entregam em todo o mundo. A notícia ruim :( os preços são pra lá dos U$250,00. 

3)      Pra quem está em busca de patins bem tradicionais: Rye Patins está com a linha de patins de quatro rodas nas cores branco e preto. Você pode montar o seu patins, escolhendo o estilo da bota, as rodas, os rolamentos, os freios e a base. Tudo do jeito que você preferir.

E aí, curtiram nossas dicas? Já dá pra escolher o seu modelo e montar o look anos 90 pro passeio do domingo de patins. Que tal? Agora junte tudo, seus novos patins e um look Rush Praia. Nossa sugestão é combinar o Top Sainha e o bottom Hot pant + óculos espelhado Spektre, disponível em nosso site. E bom verão!

Pin It


Nosso fundo do mar particular – as pinturas de Nando Zevê

A Fábrica Rush é nossa segunda casa, então por aqui decoração é coisa séria e a gente gosta de ter por perto cores e estilos que inspiram. Pra quem assistiu o reality #camievictakePE, já deu pra conhecer um pouco do nosso cantinho. Ah, ainda não assistiu? Então da o Plavy >> Veja aqui. 

Um dos lugares mais legais da #FabRush é nosso fundo do mar particular nas paredes, obra de um artista pernambucano chamado Nando Zevê.

 

Para quem não conhece, Nando é artista, grafiteiro e tatuador, sua principal inspiração é o fundo do mar e os peixes são sua marca registrada (claro que já deu pra perceber porque a gente se identificou tanto com o trabalho dele né? <3)

Aqui na Fábrica, quando a gente convidou o Nando para colorir nossos cantinhos, o desafio era misturar o fundo do mar com o trabalho do dia a dia de criação, foi então que surgiram nossas águas marinhas com fitas métricas, agulhas, fitas de modelagem, dedal e outros detalhes do mundo da costura.

Do papel, a mágica aconteceu, cada novo traço mostrava o quanto o nosso fundo do mar iria ficar incrível! Olha só tudo que rolou aqui no dia:

Nando Zevê na fábrica da Rush Praia from RushPraia on Vimeo.

Ah, e só uma curiosidade e que pra gente tem um valor sentimental, toda a arte começa a “sair” de uma máquina de costura retrô que temos na entrada da fábrica e dai segue pela parede do corredor!

Obrigada Nando pela parceria, amamos demais ter um pouco da sua arte, feita especialmente pra gente, estampada aqui nas nossas paredes.

Quem quiser conhecer mais o trabalho do Nando dá uma olhada no Instagram dele:

http://instagram.com/nandozeve

 

GRAFITE, ESTILO DE RUA E O VERÃO 2015

Escolher o estilo grafite para estampar nossas paredes também não foi por acaso, chegamos a Nando quando estávamos buscando inspirações para nossa coleção Verão 2015, inspirada nos anos 90. Apesar do grafite ter surgido lá na década de 70, nos anos 90 esse estilo de arte foi grande influência da moda de rua, das “tribos do asfalto”. Muita cor, formas geométricas que brincam com nossos sentidos, um pouco de psicodelia. Uma forma de se expressar que dizia: queremos ter nosso próprio estilo, não seguimos tendência, então o street style virou tendência! :p O mundo da moda é cheio de surpresas boas.

#Maravilha

Essas inspirações todas nos levaram a Estampa Maravilha! Um mix de cores e formas inspiradas nas tribos de rua, etnia e desapego à estética padrão. Os anos 90 voltaram sim e com muito estilo!

Para quem quiser conferir, a estampa Maravilha está disponível em nossa loja virtual > www.rushpraia.com.br

Pin It


Um ponto de vista criativo muda tudo!

A gente adora ver as coisas de uma maneira diferente, e super curtimos conhecer novos projetos e ideias que mostram as coisas simples do nosso dia a dia com um novo olhar. Nada melhor do que enxergar a vida de um jeito divertido e levar os dias com mais leveza! :)

Recentemente, a gente conheceu, por acaso, o projeto Tutti Frutti de uma artista chamada Sarah Illenberguer que, literalmente, brinca com a comida.

 

A Sarah é alemã e seu trabalho sempre mistura arte, design gráfico e fotografia, suas três grandes paixões. Nesse projeto, Sarah foi além e também acabou sendo um bocado de artesã, para poder conseguir dar um esse olhar a coisas tão comuns de uma maneira tão clean e interessante. Ela fez tudo, gente, desde o corte estratégico das frutas e legumes, até a customização com pedras, objetos e espelhos.

Seus projetos, que de uma forma ou de outra, sempre têm esse conceito diferente já foram parar em exposições em Paris, Tokyo e Berlim.

Conhecem outros projetos desse estilo? Mostra pra gente!

Pin It


Praias inspiram fotógrafos

Que a gente acha as praias inspiradoras todo mundo já deve imaginar, afinal, elas fazem parte do nosso universo de trabalho e também porque crescemos absorvendo essa relação especial através da nossa mãe, que sempre foi ratinha de praia. Mas é sempre interessante captar um outro olhar, e vendo fotos de vários fotógrafos percebemos que a maioria deles em algum momento já foi inspirada pela brisa balneária pra fazer seus cliques. O resultado? Muitas fotos lindas, claro! Separamos algumas que adoramos pra vocês!

(foto de Renata Chebel)

(foto de André Mielnik)

(foto de Eva Besnyö)

(foto do flickr Greek Punk)

Pin It


O que os fashionistas usam em Miami!

Hoje o blog está internacional e nosso post é direto de Miami! Isso mesmo, fizemos as malas para conferir in loco a Mercedes Benz Fashion Week Swim 2014, uma das mais importantes semanas de moda praia do mundo, que ocorre anualmente aqui na Flórida. A cidade é perfeita para sediar o evento com seu calor, suas cores e o clima balneário que contagia de norte à sul. E claro, dentro da MBFW não podia ser diferente, os fashionistas incorporam a aura praiana que serve de inspiração pra looks dos mais variados estilos. É maravilhoso observar as produções dos homens e mulheres e perceber (ainda mais) o quanto dá pra se brincar com a leveza, as cores, o handmade e tantas outras referências ligadas à moda que vem das areias. Por isso, não poderíamos deixar de mostrar com exclusividade pra vocês como os fashionistas do mundo todo transmitem essa atmosfera nos looks usados aqui em Miami! Confiram:

Por aqui parece que o neon nem arrisca deixar de ser tendência! O contraste com as peles bronzeadas cria uma combinação belíssima! E nem precisa economizar na cor, viu? Pode usar tudo junto e misturado.

E outra forma de usar o neon é como no exemplo acima: ele funciona como ponto de luz no look preto e branco.

E até um visual teoricamente mais formal, com a cartela de cores sóbrias como esse com blazer cinza e jeans branco ganha o toque cool ao adicionar o arm party de pulseirinhas artesanais.

Amamos os looks dessas meninas! As bolsas étnicas de crochê – que tem carinha de artesanato típico de países como Colômbia e Perú – são febre por aqui e os saltos com detalhes em corda também. O look total white é uma opção pra quem quer investir no poder dos acessórios mas ainda deixar o look despojado e as fendas e croppeds tem tudo a ver com o cenário.

Impressionante como os meninos também são mais ousados e arrasam nas produções por aqui. Esse mix de azul e verde fica leve, confortável, divertido e super descontraído, né? Também adoramos a espadrille lilás super leve com amarração no tornozelo misturada com o vestido coral e a bolsa de palha!

Ainda temos mais alguns dias aqui e estamos de olho em tudo que acontece! Aguardem mais novidades…

Pin It


O futuro é analógico

Tem coisa mais gostosa do que retratar o verão? Tantas cores lindas que saltam aos olhos, e não precisa ser apreciador de fotografia para gostar, com um celular na mão se vê imagens surpreendentes por ai.

Agora já pensou em poder imprimir instantaneamente seus cliques do iphone como acontecia nas câmeras Polaroids? Parece que esse sonho pode se tornar realidade.

Tudo começou há duas semanas, quando comprei minha primeira câmera polaroid, uma closeup 636, só demorou algumas horas para eu poder descobrir que um Pac de filme com 8 cliques custa “apenas” r$139, isso é mais do que o valor que paguei na própria câmera.

Quem passa por esse drama, logo descobre também que existe um projeto chamado “Impossible Project.”, que resumidamente é uma parceria entre dois ex funcionários da empresa Polaroid que se juntaram quando a mesma fechou em 2008, e recomeçaram a produção bancando os custos. Em março de 2010 foram lançados os primeiros produtos Impossible e obviamente que em 2013 já existe o danado pac de filme 600 para minha câmera, ainda assim, aqui no Brasil é difícil de adquirir, que pode ser pela ToyCamera, saindo a r$ 90 os 8 cliques. Ou a uma viagem ao exterior pagando 23 dólares pelo mesmo pacotinho.

Finalmente descobri alguns brinquedinhos que podem estar ao nosso alcance, e tem a ver com nossos amados smartphones, que é de fato o que carregamos para um lado e outro, e assim registrando nosso arredor.

Lomography Smartphone Film Scanner e a Instant Lab da Impossible. Pela imagem da para entender exatamente o que cada um faz. O Scan da lomo parece simples, mas antes de compartilhar suas fotos analógicas no instagram, você precisa revelar o filme. E a polaroid feelings da Impossible é a coisa mais sensacional que já vi, por dois motivos: Mesmo a foto sendo feita anteriormente por um iphone, o resultado da foto impressa tem um ar de foto analógica, as cores, texturas. E claro, você poder tocar e apreciar uma autêntica foto instantânea é “ahhhh”. Já quero!

As duas são fáceis de usar, contendo ambas um aplicativo, em alguns segundos e sem muitas complicações você chega ao objetivo. Mas e ai, quanto custa? Já foram lançadas? Sim, o Scan da Lomo foi lançado esse mês e a primeira remessa custou $50  e o Instant Lab da Impossible custando em média $250 (existem ainda uma edição mais em conta por $149, mas só encontra na gringa). Vocês podem achar no http://www.kickstarter.com linkado acima, assim que reabastecerem os estoques.

 

Pin It